segunda-feira, 17 de junho de 2019

segunda-feira, 27 de maio de 2019

100.000 acessos


10 anos de caminhadas também...
Muitos, poucos? São os que são...mas já não são poucos...
Blog Boas Solas, demanda de registo e partilha que se descobriu ser caminho mais solitário que o previsto, mesmo entre pares...
Valeu a pena? Seguramente! É parte da memória que se documentou, e também a máquina do tempo que nos permite viajar ao passado...
Para continuar?
Se as vivências das caminhadas continuarem e a paixão pela natureza também... com toda a probabilidade...
Mas o melhor é dizer como dizia o Mestre Zen, a ver vamos...

terça-feira, 14 de maio de 2019

Lítio


A nova febre do novo ouro?
Será que vamos assistir à destruição das nossas fantásticas serras e reservas naturais do nosso Soajo, Peneda, Arga, Cabreira, Gerês e por aí fora?
Não matem o nosso encantamento...
Muitas iniciativas, muitos movimentos de defesa, façamos a onda crescer...
Necessitamos da matéria prima mas... defendamos aquilo que é único.

Petição em Defesa das Serras da Peneda e do Soajo
https://www.facebook.com/emdefesaserrapenedaesoajo/
https://www.facebook.com/groups/defesaserrapenedaesoajo/

...


domingo, 7 de abril de 2019

10 Anos dos Boas Solas



Festa em família com os caminheiros da primeira hora e filharada incluída, no total 52 convivas que brindaram aos 10 anos dos Boas Solas.
20, 30, 40 anos de amizade e de muitos momentos, alegrias e tristezas partilhados, nestes últimos 10 de caminhadas também, 10 anos de encantamento.
Venham mais 10!

segunda-feira, 18 de março de 2019

Minas das Sombra e marco de fronteira, caminhada dos Boas Solas, 16 de Março

Entre amigos, a subida à montanha, a beleza da natureza, o caminho esforçado, as vistas que nos estonteiam...muitas fotos numa tentativa de se guardar um pouco do que se viu e sentiu. Exactamente 10 anos depois duma subida às Minas dos Carris a partir da Portela do Homem, uma subida a outras minas que lhe ficam próximas do lado da Galiza, as Minas das Sombras e ao marco de fronteira.

Ruta da Mina das Sombras, uma rota inserida no Parque Natural Baixa Limia Serra do Xurês, foi o percurso base desta caminhada com prolongamento para uma parte dos companheiros até ao marco de fronteira entre o Norte de Portugal e a Galiza, muito próximo do Marco Geodésico dos Carris e Mina dos Carris.
Um percurso de 7 km desde a Ermita do Xurês (670 m de altitude) que se situa próximo de VilaMeá, até às Minas das Sombras (1250 m de altitude), antigas minas de volfrâmio, a que se somou mais um pequeno mas difícil percurso de cerca de 1 km e pico até ao marco de fronteira nos 1350 metros de altitude. Depois foi o regresso, não muito mais fácil pois isto de descer em pedra solta e/ou irregular também tem que se lhe diga...
Algumas aventuras pelo caminho, desde a passagem de um passadiço de madeira em muito mau estado sobre o rio Vilameá, ao regresso por parte do grupo por caminho de melhor piso seguindo um estradão a partir da Puente de Porto Paredes (e que é rota para bicicletas de montanha) mas que se revelou longo demais até à zona de "extração" já mais perto da Portela do Homem...
O grupo que se manteve fiel ao programa, ida e regresso pelo caminho das pedras, demorou cerca de 6h e 45 minutos para fazer os decretados 17 km desta caminhada de paisagens fantásticas. O outro grupo, que procurou facilidades no piso... contou nas pernas 22,5 km mas podiam ter sido mais...

Felizes, almas purificadas pelos momentos na serra, esforço e convívio, o caminho só teve um destino, ou melhor, o melhor abrigo das redondezas... Casa da Feira do nosso amigo Filipe que nos recebeu como pouca gente recebe, uma quinta com excelentes instalações, um belíssimo jantar onde o caldo galego, cozido galego e a carne o caldeiro não faltou. E uma boa pinga galega também... Bons momentos para recordar, obrigado!
E depois de tanta brincadeira, o descanso. O dia seguinte nos esperava para uma ligeira caminhada pelos moinhos de Vilameá e baños no Riocaldo para acabar o tratamento de purificação…
Bom Ano!
foto anterior do amigo Zé Neves, restantes de Francisco Alba